6 destinos incríveis no Brasil para fugir da alta do dólar

6 destinos incríveis no Brasil para fugir da alta do dólar

O dólar começa a semana em disparada acentuada contra o real em meio ao risco da epidemia do coronavírus e outros fatores do mercado. O dólar comercial, usado em transações entre empresas e bancos, subiu 2,5%, vendido a 4,7504 reais às 14h40 nesta segunda-feira (9). Já o dólar de turismo, subia 2,5%, vendido a 4,93 reais. Para compras em cartões pré-pagos, a cotação aplicada nas corretoras de câmbio era de 5,20 reais.

Com a alta no valor de compra em relação a moeda e o medo de viajar para fora do país, muitos brasileiros estão optando conhecer destinos nacionais, aproveitando para visitar lugares incríveis, com ótimo custo-benefício. De acordo com Paula Rebouças, especialista em turismo e country manager do TurismoCity, buscador de voos que atua no Brasil e reúne mais de 100 sites parceiros, entre companhias aéreas e agências de viagem, uma das principais dicas para quem pretende viajar e ainda economizar é comprar as passagens com antecedência.

“O número de passageiros transportados em voos dentro do país registrou alta nos últimos meses e o Nordeste está entre os destinos mais procurados. A alta do dólar também incentivou o turismo nacional e cada vez mais o brasileiro tem se organizado para planejar suas férias com economia. Para destinos nacionais, comprar com antecedência de aproximadamente dois meses da data é uma maneira de encontrar passagens com preços mais baratos. Usar buscador de voos e personalizar alarmes de buscas também são dicas importantes para encontrar preços baixos”, comenta a especialista.

A plataforma mapeou os destinos brasileiros que estão em alta. Confira:

Aracaju – Sergipe

Foto por Cleverton Ribeiro / MTur

Aracaju é a capital do estado de Sergipe e é conhecida por sua beleza natural. Junto à praia, o Oceanário de Aracaju, em forma de tartaruga, possui arraias, tubarões, enguias e tartarugas marinhas, além de exposições práticas. O passeio na marginal, a Passarela do Caranguejo, está repleta de restaurantes de peixe e marisco e é marcada por uma enorme escultura de um caranguejo.

Quando viajar?

O período chuvoso em todo o estado começa em março e termina em agosto. Os meses em que mais chove são abril, maio, junho e julho, justamente no inverno. Portanto, a melhor época para visitar Sergipe é entre outubro e fevereiro, quando os dias ficam mais ensolarados.

Quanto custa? De acordo com levantamento do site TurismoCity é possível encontrar passagens a partir de R$ 408,00.

Maragogi – Alagoas

Foto por Marco Ankosqui / MTur

Maragogi é conhecida pelas suas longas praias como Burgalhau, perto do Rio dos Paus. Os recifes de coral ao largo da costa e os bancos de areia criaram uma lagoa pouco profunda, que serve de piscina natural. Ao sul de Maragogi encontra-se São Bento, uma aldeia com uma praia repleta de palmeiras.

Quando viajar?

A melhor época do ano para visitar Maragogi é no verão, principalmente entre os meses de outubro e janeiro. O inverno em Maragogi é marcado pelo tempo chuvoso, entre abril e agosto, e a época não é muito propícia para o mar.

Quanto custa?

Segundo o site TurismoCity é possível encontrar passagens a partir de R$ 582,00 – saindo de São Paulo em abril de 2020.

Fernando de Noronha – Pernambuco

Foto por cassiodiniz por Pixabay

Fernando de Noronha é um arquipélago vulcânico situado a cerca de 350 km da costa do Brasil. Tem o nome da sua maior ilha, um parque marinho e santuário ecológico protegido com uma linha costeira recortada e vários ecossistemas. É reconhecida pelas suas praias pouco urbanizadas e por atividades como mergulho e snorkeling.

Quando viajar?

A melhor época é entre os meses de setembro e outubro, quando a visibilidade fica melhor. Já os melhores meses para pegar onda em Noronha estão entre dezembro e março.

Quanto custa?

No site e app do TurismoCity é possível encontrar passagens aéreas baratas para Fernando de Noronha a partir de R$ 891 ida e volta com taxas inclusas saindo de diversas cidades. Os melhores preços partem do Recife e São Paulo.

Florianópolis – Santa Catarina

Foto por Daniel Vianna / MTur

Florianópolis é maioritariamente constituída pela Ilha de Santa Catarina, com 54 km de comprimento. É famosa pelas suas praias, incluindo estâncias turísticas populares como a Praia dos Ingleses na extremidade norte da ilha. A Lagoa da Conceição, uma lagoa de água salgada, é popular para a prática de windsurf e para excursões de barco.

Quando viajar?

Por ser um destino de praias, a escolha mais viável é conhecer Florianópolis quando as temperaturas estão quentes e o tempo firme. A alta temporada acontece no verão, mais precisamente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

Quanto custa?

Por meio dos buscadores como o TurismoCity é possível encontrar passagens aéreas baratas para Florianópolis a partir de R$ 270 ida e volta com taxas inclusas saindo de diversas cidades!

Jericoacoara – Ceará

Foto por Jade Queiroz / MTUR

Jericoacoara é um destino de praia localizada no município de Jijoca de Jericoacoara, no estado do Ceará, no Brasil. Está localizada a 300 km a oeste da capital do estado, Fortaleza. Com um clima rústico e charmoso, o destino oferece muitas atrações, como lagoas paradisíacas em meio às dunas, e tranquilidade.

Quando viajar?

O “verão” vai de julho a fevereiro, quando o sol brilha forte. Para velejar, vá de agosto a novembro, quando os ventos sopram bastante. Nessa época, as lagoas estão cheias e mais bonitas. O período de chuvas vai de março a maio, quando os preços de diárias e serviços caem.

Quanto custa?

No site e app do TurismoCity é possível encontrar passagens aéreas baratas para Fernando de Noronha a partir de R$ 1.072 ida e volta com taxas inclusas saindo de São Paulo.

Jalapão – Tocantins

Foto por vanessaobrzut por Pixabay

O parque estadual do Jalapão é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza localizada na região leste do estado do Tocantins. Os rios Sono, Soninho, Novo, Balsas, Preto e Caracol banham a paisagem árida e rasteira, que varia do cerrado baixo à campina. Matas de galeria surgem próximo de rios, cachoeiras, lagoas, dunas de areia, serras e chapadões de até 800 metros de altura.

Quando viajar?

O mês de maio é o melhor período para visitar o Jalapão, quando a umidade ainda está alta, quase não há chuvas e a vegetação ainda está verde.

Quanto custa?

No site do TurismoCity é possível encontrar passagens para Tocantins a partir de R$ 415,00.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Marco Ankosqui / MTur

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram