Dolina Milagrosa: mistério e beleza em Cáceres (MT)

Dolina Milagrosa: mistério e beleza em Cáceres (MT)

Situada a cerca de 25 quilômetros de Cáceres, no Mato Grosso, a Dolina Milagrosa é o grande atrativo natural do destino. Suas águas cristalinas azuis-esverdeadas são listadas entre os melhores pontos de mergulho da região. Somada a isso, sua profundidade também se torna um grande destaque. Estima-se que a lagoa tenha mais de 180 metros, porém, seu fundo nunca foi encontrado.

Dolina Milagrosa Cáceres Mato Grosso
Foto por Francisco Alves – GCom/MT

As “águas sem fim” da Dolina Milagrosa são apenas um dos mistérios que cercam o lugar. Sem ter um estudo comprovando sua origem, há diversas lendas e mitos que rondam o local e atraem os mais curiosos. Já se falou em um portal extraterreste, em sua formação sem decorrente de uma queda de meteoro e até me propriedades curativas da água.

Essa última, inclusive, tem relação com o nome do lugar. Primeiro, porque historiadores contam que escravos fugidos de fazendas próximas lavavam suas feridas nas águas da dolina e se recuperavam rapidamente. E, segundo, porque, até hoje, acredita-se que os banhos ali podem curar doenças de pele, rins e fígado.

Dolina Milagrosa Cáceres Mato Grosso
Foto por Eliria Buso

Apesar de não ter provas científicas, a verdade é que é impossível não sentir um bem-estar natural ao se deparar com esse oásis mato-grossense. Para chegar até a Dolina Milagrosa, é preciso enfrentar uma trilha de cerca de 850 metros e, depois, uma escadaria de mais de 150 degraus. Mas não se deixe desanimar, só de avistar o local do mirante já dá para ter uma ideia do que o espera lá embaixo.

Suas águas variam de cor de acordo com a época do ano, tornando o cenário diferente a cada visita. Para nadar, é obrigatório o uso de coletes e ainda é possível fazer snorkel.

Dolina Milagrosa Cáceres Mato Grosso
Foto por Eliria Buso

Além disso, a fazenda onde está localizada a dolina conta com estrutura de hospedagem e alimentação.


Malai Manso é o primeiro resort do Brasil a operar 100% com energia solar própria


Estando em Cáceres, também vale a pena fazer um passeio de barco pelo rio Paraguai. Suas águas, famosas pelo turismo de pesca, são ideais para um roteiro de chalana. Ou, se preferir, um pernoite em um barco-hotel. Além dos pássaros de diversas espécieis e da possiblidade de avistar algum dos animais típicos do Pantanal nos entornos, o visitante vai se encantar com o pôr-do-sol local.

Cáceres Mato Grosso
Foto por Eliria Buso

Além do mais, o turista encontra na cidade diversas fazendas históricas com arquitetura colonial e um belo cenário natural. São cavernas, cachoeiras, reservas ecológicas e as praias fluviais que surgem no período da seca.

Como chegar na Dolina Milagrosa

Cáceres, a Princesinha do Paraguai, está a cerca de 220 quilômetros de Cuiabá, sendo facilmente acessada via BR-070. Do centro da cidade até o local são 25 quilômetros, via MT-343, até a região do Balneário Piraputanga.

Encontre passagens aáreas para a capital mato-grossense com até 36% de desconto aqui. E, para se hospedar em Cáceres, confira as melhores opções de hotéis e pousadas neste link.

Texto por: Eliria Buso

Foto destacada por: Francisco Alves – GCom/MT

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram