Atacama: as belezas do cenário mais surreal da América do Sul

Atacama: as belezas do cenário mais surreal da América do Sul

No norte do Chile, o Atacama é o deserto mais árido e mais alto do mundo, a cerca de 4.000 metros acima do nível do mar no altiplano andino. Encontre por lá rochas multicoloridas, gêiseres, salares, lagos de um tom azul intenso e outras tantas surpresas que vão fazer dessa uma das viagens mais memoráveis da sua vida.

Pedras e vales no Atacama

atacama
Foto por LuisValiente por Pixabay

Alguns dos passeios mais famosos partindo da pequena San Pedro de Atacama (cidade usada como base nessa viagem) são o Vale da Lua e o Vale da Morte. Ambos têm incríveis dunas e rochedos em tons vermelhados, além de cavernas, cânions e mirantes naturais. Ao caminhar nessas paisagens, você vai se sentir explorando um outro planeta.

Foto por paula alvarado por Pixabay

Já o Vale do Arco-Íris ganhou esse nome porque as rochas ali presentes são compostas por minerais de diferentes cores, como verde e vermelho. Outro passeio disponível é ao Salar de Tara, famoso por ter rochas enormes nos mais diversos formatos.

Lagoas e gêiseres

Foto por Mathias Müller por Pixabay

Miñiques e Miscanti são duas grandes lagoas vizinhas, mais conhecidas como Lagunas Altiplânicas. Exibem águas em tons de azul, cercadas por um panorama de vulcões. Já os Ojos del Salar são dois poços de água que funcionam como piscinas naturais. São bem menores do que as Lagunas Altiplânicas, mas quem tiver coragem pode mergulhar em suas águas profundas.

A Laguna Cejar é uma das atrações mais fotografadas do Atacama. As águas desse lago têm uma altíssima concentração de sal, o que faz com que qualquer pessoa flutue ali com muita facilidade. Também é possível nadar nas Termas de Puritama – um conjunto de oito piscinas de águas quentes ao ar livre.

Foto por falco por Pixabay

Não deixe de conhecer os Gêiseres de El Tatio, considerado um dos maiores campos geotérmicos do mundo. São dezenas de gêiseres que formam um verdadeiro espetáculo da natureza todas as manhãs, com enormes jatos de água e vapor.

Tour astronômico

Foto por Ondřej Šponiar por Pixabay

O Deserto do Atacama é reconhecido como um dos melhores lugares do mundo para admirar o céu estrelado. Isso é devido a uma combinação de fatores: altitude, baixa umidade e pouca interferência de iluminação artificial. Por isso, muitas agências oferecem tours noturnos nos quais guias vão contar várias curiosidades sobre astronomia, enquanto os visitantes podem observar o céu pontuado por milhares de estrelas.

Mais informações em: chile.travel

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: Michelle Branco por Pixabay

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram