As levadas da Ilha da Madeira: um passeio único no mundo

As levadas da Ilha da Madeira: um passeio único no mundo

A Ilha da Madeira, destino português situado em meio ao oceano Atlântico, atrai muitos turistas por sua natureza incrível. Lar de uma floresta única no mundo, a Laurissilva, existente apenas nas ilhas desta região do planeta, o destino tem mar, montanha, verde, flores exóticas e muito mais. Uma das melhores maneiras de conhecer toda essa riqueza natural é seguindo os caminhos das levadas.

Foto por ©Francisco Correia

As levadas são, basicamente, canais de irrigação que levam água da parte norte do destino, onde é mais abundante, para a região sul. Elas começaram a ser construídas há mais de 400 anos e hoje somam mais de 200 levadas ao longo de cerca de 3 mil quilômetros.

O que os madeirenses do século 16 não poderiam imaginar é que esses estreitos canais acabariam se tornando uma das principais atrações turísticas do destino, uma vez que se enveredam pelos mais belos cenários locais. Além disso, por sua localização privilegiada, o destino tem temperaturas amenas o ano todo, o que significa que todas as estações são boas para fazer atividades ao ar livre.

Foto por Francisco Correia / Turismo da Madeira

Algumas das mais belas paisagens da Madeira não são acessíveis de carro, mas são atravessadas pelas levadas. E é impossível não se espantar com toda a beleza de vales, rochedos, flores, riachos e a luz do sol entrando por entre a folhagem das árvores. Para completar, todos os sentidos são agraciados com o aroma das flores e da terra, o canto dos pássaros e o som da água corrente e a sensação do ar úmido da floresta na pele.

São tantas levadas espalhadas pelo território da ilha, que este acaba sendo um passeio para todos os turistas que visitam o destino. Não é preciso ser um praticante assíduo do ecoturismo: basta ter vontade de conhecer a incrível natureza local. Há percursos mais curtos e fáceis para quem não está acostumado a fazer muito esforço físico ou simplesmente prefere uma atividade mais leve e relaxada; para os aventureiros de plantão, há caminhos que exigem maior preparo físico, mais longos e com mais desníveis.

Foto por ©Francisco Correia

Algumas das possibilidades são a Levada dos Balcões, com grau de dificuldade fácil, apenas 1,5 quilômetro de extensão e um maravilhoso mirante; as Levadas das 25 Fontes, com grau de dificuldade médio, 4,6 quilômetros e uma belíssima lagoa; e a Levada do Caldeirão Verde, para os mais experientes, que tem cerca de 6,5 quilômetros, quatro túneis e o encontro com uma parte completamente cobertura por uma vegetação verde e rica, cujo panorama fica ainda mais deslumbrante pela cascata de 100 metros de altura ali presente.

Mais informações em: madeiraallyear.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: ©Francisco Correia

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram