Roteiro pelos encantos da imperial Petrópolis

Roteiro pelos encantos da imperial Petrópolis

Petrópolis é uma das poucas cidades do Brasil que remetem diretamente à época do Brasil Império. Na Serra Fluminense, a 70 km da cidade do Rio de Janeiro, guarda um patrimônio histórico e arquitetônico do século XIX e do começo do século XX, sendo muitas construções ligadas a D. Pedro II e à corte brasileira – tanto que ganhou o apelido de Cidade Imperial.

As principais atrações de Petrópolis

Foto por Patrícia Chemin

Para começar, o Museu Imperial é visita obrigatória. Com sua imponente fachada em rosa, foi construído para ser o palácio de verão do Imperador e da corte. Virou museu na década de 1940 e possui um vasto acervo, como as coroas imperiais, as vestes monárquicas e até a pena que a Princesa Isabel usou para assinar a Lei Áurea.

Foto por José Marcos J.Marcos por Pixabay

Ainda sobre antigas construções bem preservadas em Petrópolis, vale ver de perto o Palácio de Cristal (erguido a pedido do Conde D’Eu para homenagear a Princesa Isabel), o Palácio Rio Negro (antiga residência oficial de verão de presidentes da República) e a Casa da Princesa Isabel (apenas observação da parte externa).

Foto por Patrícia Chemin

Conheça também a Catedral de São Pedro de Alcântara, onde se encontram os restos mortais de D. Pedro II, Dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D’Eu. O centro histórico de Petrópolis foi todo planejado, com um traçado original de 1845. As ruas são bem arborizadas, sendo algumas ladeadas por canais, e os terrenos têm grandes jardins. Aproveite para conhecer toda essa área a pé.

Foto por Patrícia Chemin

São vários os casarões do século XIX, mas é uma casa pequena no alto de uma colina que mais chama a atenção. Seu residente original foi ninguém menos que Santos Dumont, que a usava como residência de veraneio. Hoje, ela é aberta à visitação e cada canto revela traços da genialidade de seu idealizador e antigo morador – do chuveiro com água quente aos móveis em estilo multiuso (todos itens inovadores para a época). Você também pode ver de perto cartas, livros e outros objetos que pertenceram ao pai da aviação.

petrópolis
Foto por Patrícia Chemin

Outra construção icônica de Petrópolis é o Palácio Quitandinha, erguido na década de 1940 para ser o maior hotel cassino da América do Sul e ponto de encontro da elite brasileira. Porém, em poucos anos, os jogos de azar no país foram proibidos e o hotel entrou em decadência. Hoje, com a administração do SESC, ele foi restaurado e aberto a visitas.

Petrópolis não é conhecida só pela história, mas também por ser um polo cervejeiro. Natural da cidade, a Bohemia foi inclusive a primeira cervejaria do Brasil. A fábrica original, no centro de Petrópolis, foi transformada em um grande centro de experiência cervejeira. Há ainda outras cervejarias de todos os portes para conhecer na cidade.

Foto por Patrícia Chemin

Já para quem não perde a oportunidade de fazer algumas comprinhas durante uma viagem, Petrópolis é destino certo para adquirir roupas e acessórios de ótima qualidade e a preços baixos. Os melhores endereços para compras são a Rua Teresa, o bairro do Bingen e a Feirinha de Itaipava.

Mais informações em: visitepetropolis.com

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: Adriano Gadini por Pixabay

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram