Conheça cinco roteiros para curtir a natureza em Curitiba

Conheça cinco roteiros para curtir a natureza em Curitiba

Conhecida pela sustentabilidade e meio ambiente, o que não falta em Curitiba é passeio ao ar livre. Com mais de 30 parques e bosques, a capital paranaense coleciona opções para quem quer se conectar com a natureza sem ir muito longe.

São complexos, parques, zoológicos, tudo em diversos pontos da cidade, que não é pra deixar ninguém de fora. Confira o roteiro.

Vale da Música na Ópera de Arame

Curitiba ópera de arame
Foto via reprodução turismo.curitiba.pr.gov.br

O Vale da Música é um projeto localizado dentro do Parque das Pedreiras e que oferece música instrumental em um Palco Flutuante com arquitetura vanguardista. As apresentações que ocorrem no cenário podem ser admiradas de um deck à beira do lago da Ópera de Arame. De terça a domingo, das 10h às 18h, artistas de Curitiba e do mundo se apresentam no exótico palco.

Além da programação musical, que tem o valor de R$10, quem passa por lá ainda tem muitas opções dentro do Parque das Pedreiras, que oferece uma experiência cultural 360°. Ligados à natureza, há lagos, cascatas e mata de araucárias, além da exuberante Ópera de Arame, que fica aberta à visitação. O local é um dos principais cartões postais da capital paranaense e é o único teatro construído com estruturas tubulares de aço e teto e paredes de vidro.

O local possui uma média de visitação de 300 mil pessoas no ano e, em breve, irá abrigar o primeiro teleférico da cidade de Curitiba, que irá ligar a Ópera à Pedreira Paulo Leminski, o mais tradicional local de shows da cidade. Dentro do projeto Vale da Música ainda é possível aproveitar o Ópera Arte, espaço gastronômico que oferece comidas, lanches, drinks e muitas delícias, bem de frente ao Palco Flutuante.

ZoológicoCuritiba zoológico

Localizado dentro do Parque Iguaçu, no Boqueirão, o Zoológico de Curitiba é uma das opções para quem deseja estar perto, literalmente, da natureza. Sendo um dos cinco maiores zoológicos do país, segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba, o local tem 69.285m².

O zoo reúne espécies nativas e exóticas da fauna e flora, além de aves, pequenos primatas, girafas, hipopótamos e um leão, chamado Simba. O local é aberto ao público de forma gratuita de terça a sexta, das 9h às 16h30, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h30.

Universidade Livre do Meio Ambiente

Curitiba
Foto por Marcus Bezerra via wikimedia commons

Escondida no bairro Pilarzinho, em Curitiba, a Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre) quase não chama atenção de quem a vê de longe. No entanto, ao entrar na estreita ponte de madeira que leva ao coração do local, o visitante consegue ver as maravilhas.

Das 8h às 18h, os turistas podem observar gratuitamente a mata nativa em volta da pedreira que cerca o local. Com uma área de 37 mil m², a Unilivre ainda é casa de corujas, cines, gambás e marrecos.

Passaúna

Curitiba Passaúna
Foto via reprodução turismo.curitiba.pr.gov.br

Conhecido como a praia dos Curitibanos, o Parque Passaúna, próximo à divisa entre Curitiba e Campo Largo, é destino certo para quem adora estar próximo à natureza nos dias quentes. Apesar de não estar disponível para nado, o lago vira arena para esportes aquáticos.

Sendo um dos maiores parques da cidade, com 6,5 milhões m², o que não falta são opções de diversão. Os visitantes podem praticar stand up paddle, canoa havaiana e caiaque em algumas épocas do ano, principalmente no verão. Além do espaço aquático, há gramado para quem deseja descansar entre as árvores ou andar pelo local.

Jardim Botânico de Curitiba

Curitiba Jardim Botânico
Foto por Hêzaro Viana Hêzaro via Pixabay

E se o assunto é natureza, não tem como deixar de fora o ponto turístico mais visitado de Curitiba, o Jardim Botânico. O local é o ponto turístico mais visitado de Curitiba e o que não falta são belezas naturais. Repleto de plantas, como o próprio nome diz, as cores encantam quem visita o local em qualquer época do ano.

Apesar de ser confundido como tal, o Jardim Botânico não é um parque, e, por isso, não é permitido pedalar, andar de skate, jogar bola ou passear com cachorro. No entanto, há muito o que ser visto, incluindo belos cenários instagramáveis.

Mais informações: turismo.curitiba.pr.gov.br

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto destacada por Renato Soares – MTUR

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram