A histórica e natural Caxias no leste maranhense

A histórica e natural Caxias no leste maranhense

Localizada a 70 quilômetros de Teresina, capital do Piauí, e a 362 quilômetros de São Luís, no Maranhão, Caxias é uma boa opção para quem quer conhecer as raízes do interior do estado. Uma das cidades mais populosas do Maranhão, a Princesinha do Sertão, como também é conhecida, tem vasta vegetação e vestígios de arquitetura portuguesa. Terra de políticos famosos, e de poetas que se eternizaram, como: Antônio Gonçalves Dias, Coelho Neto, Teófilo Dias, Vespasiano Ramos, entre outros. A cidade também foi palco da Balaiada, uma das mais sangrentas batalhas ocorridas no Brasil, vitimando na época entre 10 a 12 mil pessoas. Uma rebelião popular que foi alimentanda por uma soma de insatisfações, tomar Caxias era dominar o movimento.

Aproveite essas dicas, curta o conjunto de igrejas dos séculos XVIII e XIX e tenha boas surpresas nessa maravilhosa e diferente opção de viagem.

Memorial da Balaiada, museu icónico 

A ladeira que leva ao Memorial da Balaiada é íngreme e pode assustar os mais sedentários, mas a escalada vale a pena. No topo do morro, a recompensa, o complexo turístico do Mirante da Balaiada, que inclui o Memorial da Balaiada,  prédio que conserva o grande acervo histórico sobre a mais longa e numerosa revolta popular ocorrida no Maranhão, e uma das maiores da história brasileira, a Guerra da Balaiada, ocorrida entre os anos de 1838 e 1841, com certeza, uma das mais emblemáticas do estado e do país. As ruínas do Forte da Balaiada,  contam a história da Caxias do século XIX, quando negros, índios, mestiços, vaqueiros e brancos pobres desafiaram o poder do Império.

Balneário Veneza é uma opção refrescante

A cidade de Caxias tem temperaturas bastante altas durante quase o ano todo, com os termômetros chegando facilmente a atingir os 40°. Para amenizar o calor, a dica é o Balneário Veneza, com pequeno lago artificial que represa as águas medicinais de uma fonte de águas minerais localizada há poucos metros do lago. O balneário está localizado às margens da MA-034. Com bares e restaurantes em volta, o braço do Rio Itapecuru se torna uma das principais diversões da cidade aos finais de semana.

Na estrada que liga Caxias a Teresina, você também encontrará diversos balneários, que oferecem vestiários, restaurantes e piscinas naturais para se refrescar.

Igreja de São Benedito na praça Vespasiano Ramos

O antigo Largo de São Benedito deu lugar à Praça Vespasiano Ramos. Tranquila e bastante arborizada, é recanto de moradores que, à noite, se reúnem para jogar conversa fora. Para embelezar ainda mais a paisagem, a Igreja de São Benedito, construída no século XIX complementa o cenário, ela foi construída pelos escravos que ali fizeram a sua casa de fé e oração.

 Catedral de Nossa Senhora dos Remédios 

A capela foi erguida, às margens do Morro de Tabocas, em homenagem à Nossa Senhora dos Remédios, padroeira do comércio. Anos mais tarde, após reforma supervisionada pelo engenheiro caxiense João Nunes Campos, a igreja transformou-se em Catedral. Com fachada original alterada e inclusão do relógio de bronze trazido da Europa.

A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Essa é a única igreja do século XVIII, que ainda conserva a arquitetura simples de 1774. Em suas laterais você encontrará lápides de portuguesas de pessoas ilustres que eram ali enterradas. A comemoração em louvor à Nossa Senhora do Rosário ocorre dia 07 de outubro. Durante a semana que antecede essa data, há procissões e missas à santa que é protetora dos negros e escravos. Foi uma das igrejas onde se esconderam os balaios quando invadiram Caxias.

 

Texto por Cláudio Lacerda Oliva

Fotos por Natalia Bastos

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram