Armênia: pequena aparentemente, mas gigante em suas belezas naturais

Armênia: pequena aparentemente, mas gigante em suas belezas naturais

Embora a Armênia seja relativamente pequena, com apenas três milhões de habitantes, não se pode deixar enganar com o tamanho do país no mapa: os turistas precisam de, pelo menos, uma semana para explorar o destino.  Localizado ao sul do Cáucaso, entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, a Armênia está cravada na região da Eurásia, entre o continente asiático e o Leste Europeu, na fronteira com a Turquia.

Entre as principais atrações está a gigante Praça da república, rodeada de inúmeros cafés, onde se reúnem boa parte dos moradores. Por toda a cidade encontram-se bonitas igrejas, como a Catedral de São Gregório e outros templos apostólicos, formando a Igreja Nacional da Armênia.  As paisagens naturais, com montanhas e lagos cristalinos, chamam atenção dos turistas.

O destino, cada vez mais procurado pelos brasileiros, tem alfabeto próprio, milenar e único. Na capital, em restaurantes e hotéis, o inglês é falado. Desde 2015, brasileiros não precisam mais de vistos para entrar no país para permanência de até 90 dias, tanto para turismo quanto para negócios. “O turismo Armênico vem crescendo nos últimos anos e possui atrações diretamente ligadas a sua identidade milenar” comenta o Diretor Executivo da Agência de Viagens e Operadora de Turismo Bancorbrás, Júnior Lins.

 

Mais Informações:  www.bancorbras.com.br

 

 

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por Ozbalci

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram