8 lugares históricos para visitar em Amã, na Jordânia

8 lugares históricos para visitar em Amã, na Jordânia

Amã, capital da Jordânia, é uma fascinante cidade de contrastes – uma mistura única do antigo e do novo, situada em uma área de colinas entre o deserto e o fértil Vale do Jordão. No coração comercial da cidade, edifícios ultramodernos, hotéis, restaurantes, galerias de arte e lojas convivem harmoniosamente com cafés tradicionais e oficinas de artesãos. Há evidências do passado longínquo da cidade por todos os lados.

Devido à moderna prosperidade da cidade e ao clima temperado, quase metade da população da Jordânia está concentrada em Amã. Os bairros residenciais consistem principalmente em ruas e avenidas arborizadas, ladeadas por elegantes e quase uniformes casas brancas. O centro da cidade é muito mais antigo e tradicional, com pequenas empresas produzindo e vendendo de tudo: desde joias em ouro e em prata a itens domésticos do dia a dia. Veja abaixo oito lugares históricos para visitar em Amã durante uma viagem ao país:

Complexo do Palácio dos Omíadas

Data de 720-750 d.C. O grande portão monumental, com a sua forma de cruz e quatro nichos abobadados, leva a um pátio e rua com colunatas, que atravessa o complexo de prédios em ruínas em ambos os lados.

Templo de Hércules

Foto por iStock / Lucen64

Foi construído durante o reinado do imperador Marco Aurélio (161-180 d.C.).

Igreja bizantina

Acredita-se datar do século VI ou VII d.C. Colunas coríntias marcam o local.

Teatro Romano

Foto por iStock / Leonid Andronov

Restaurado, remonta ao século II d.C. e é construído em três lados da encosta e tem assentos para aproximadamente 6.000 pessoas. Ainda hoje é utilizado para apresentações.

Fórum Romano

É uma praça pública, fronteira com o teatro e o Odeon, e estava entre os maiores do Império (100 x 50 metros). A fileira de colunas na frente do teatro é o que resta das colunatas que uma vez o ladeou.

Nymphaeum

As cidades romanas sempre tiveram jardins ornamentais e chafarizes públicos. A fonte principal fica perto do complexo de teatro e remonta ao final do século II d.C.

Grande Mesquita de Husseini

A apenas uma curta caminhada de distância, está decorada com pedras rosas e brancas e foi construída pelo Emir Abdullah, em 1924, no local de uma mesquita muito mais antiga, do período omíada. A restauração foi realizada no reinado do falecido Rei Hussein, em 1987.

Ferrovia Hejaz

Este famoso trem foi várias vezes sabotado pelas tropas árabes do Emir Faisal e por Lawrence da Arábia para derrotar os otomanos. Embora os dias de Lawrence estejam muito distantes, a ferrovia ainda mantém seu apelo sentimental.

Mais informações em: www.visitjordan.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / mariusz_prusaczyk

Follow by Email
Facebook
YouTube
Instagram